RSS
Facebook
Twitter

Seguidores

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Madeira




As pessoas precisam de madeira - Teoricamente, ela é um recurso natural sustentável que deveria ser usado em construções e como combustível. Em florestas bem administradas, planta-se uma árvore para cada uma que é cortada e, assim, a mata não diminui de tamanho.
Mas, como a população humana cresce sem parar, cada vez mais madeira vem sendo usada.

(Nos últimos 40 anos, a utilização global de madeira mais do que dobrou e a de papel mais que triplicou.) Nos países tropicais, a área total de florestas despencou de 53% em 1985 para 46% em 2005. Boa parte das matas que restaram vem sendo afetada por atividades madeireiras e tem sido substituída por plantações da madeira de corte.
No mesmo período, a cobertura florestal nas regiões temperadas da Ásia, da Europa e da América do Norte cresceu de 22% para 27% porque mais árvores vêm sendo plantadas do que derrubadas. Cerca de 3% das florestas do mundo foram plantadas para produzir madeira. Essas matas não servem de lar para a vida selvagem como as florestas naturais.

DA EXTRAÇÃO MUNDIAL DE MADEIRA:

53% são queimados como combustível
29% são cortados em forma de pranchas e compensados
15% viram celulose ou cavacos
5% são usados para outros fins


DE TODO O PAPEL DO MUNDO:
47% são papel cartão e de embrulho
20% são usados para escrever e imprimir
11% são papel-jornal
7% são toalhas e lenços
6% são outros tipos de papel


Florestas Roubadas
O corte ilegal de madeira é um sério problema internacional – metade das extrações feitas no extremo leste da Rússia, por exemplo, não tem permissão para acontecer. Na Indonésia, mais de 80% da madeira são ilegais. Não sabemos que efeito isso produz sobre a vida selvagem, mas a economia dos países envolvidos é certamente afetada, já que as serrarias clandestinas não pagam impostos.


Use a Hastag

#FlorestasTemperadas




Fonte: Fonte: Livro - Enciclopédia da Ecologia, Editora Abril.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Mudanças locais, efeitos globais


O aumento do nível do mar causado pelo derretimento do gelo polar vai provocar inundações em áreas costeiras no mundo todo. Enchentes costumam acontecer em Nova York a cada século. Porém, se o nível dos oceanos subir 1 metro, as inundações passarão a acorrer em intervalos de três anos. O derretimento do Ártico deve trazer outra mudança: hoje, os polos gelados e brancos refletem a luz solar e a devolvem ao espaço, mantendo o planeta fresco. Mas, se as calotas polares desaparecem, uma quantidade maior de calor será absorvida pela atmosfera. A Terra vai esquentar mais depressa, acelerando as mudanças climáticas.

80% do calor do Sol são refletidos pelo gelo
20% do calor do Sol são absorvidos pelo gelo.
90% do calor do Sol são absorvidos pelo mar.
10% do calor do Sol são refletidos pela água.

Ilhas com baixas altitudes, como as Malditas, já estão ameaçadas pelo aumento do Nível do mar. 


Groenlândia 

Mais de 80% do território da Groenlândia são cobertos por uma gigantesca camada congelada conhecida como Lençol de Gelo da Groenlândia. Se isso tudo derrete, o nível do mar pode subir mais de 7 metros no mundo inteiro. Mas esse risco não é imediato: os cientistas dizem que o derretimento pode levar centenas de anos.

Porque a Groenlândia está começando a derreter.
Turismo
Os cruzeiros para o norte gelado estão se tornando comuns, levando poluição, barulho e confusão com eles. Mas a região isolada que os turistas querem ver está mudando.

Povo nativo
Se as focas desaparecem, o que será dos caçadores inuits que dependem delas para comer?
Capturar e partilhar focas faz parte do estilo de vida desse povo.

A fúria do sol
A população do Ártico já percebeu que o calor do Sol está mais forte. As pessoas estão começando a ter queimaduras e manchas de pele que nunca tinham experimentado antes. Isso de deve ao excesso de radiação na atmosfera através da fina camada de ozônio do Ártico.

Com o derretimento do mar congelado de do gelo permanente, o povo inuit do Ártico se prepara para enfrentar um futuro incerto. Saiba mais sobre a vida e a cultura desse povo no site www.athropolis.com/links/inuit.htm (EM INGLÊS)



Fonte: Fonte: Livro - Enciclopédia da Ecologia, Editora Abril.

O nível do mar pode subir 1 metro até 2100, em parte.


Animais ameaçados 

Um Ártico com menos gelo seria um lugar diferente. Os ursos-polares caçam no gelo flutuante e usam esses blocos para se deslocar. As focas e morsas dão à luz seus filhotes sobre o gelo e descansam nele quando não estão na água. Num Ártico mais quente, esses animais podem se extinguir.


Glaciares 
Existem enormes glaciares em terras continentais localizadas mais ao sul: são rios congelados que cortam as montanhas de lugares como a Groenlândia e a Noruega. Quando o Ártico esquenta, os glaciares também começam a derreter e escoam para o mar, piorando o problema.

Indústrias
As indústrias de gás e petróleo causam poluição e levam mais gente à região. Com isso, os povos nativos se tornam minorias em sua própria terra. A redução do mar congelado facilita o transporte marítimo e o acesso aos recursos naturais, o que pode gerar vazamentos de óleo frequentes.



Fonte: Fonte: Livro - Enciclopédia da Ecologia, Editora Abril.

GEOMAP

Usuários OnLine