RSS
Facebook
Twitter

Seguidores

quarta-feira, 13 de junho de 2012

RIO + 20


Dilma defende desenvolvimento sustentável ao abrir conferência


Atividades do Pavilhão Brasil tiveram início após abertura oficial, com discurso da presidenta Dilma Rousseff (foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

Rio de Janeiro – A presidenta da República, Dilma Rousseff, fez a abertura oficial do Pavilhão Brasil na Conferência Rio+20. Ela considerou o espaço uma oportunidade de mostrar um pouco do que o país tem feito pelo desenvolvimento sustentável ao longo dos anos. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, participou da cerimônia no Pavilhão dos Atletas.  

A presidenta afirmou que a sustentabilidade é um dos eixos centrais da concepção de desenvolvimento brasileira. “Somos a favor de uma transformação que combine três critérios: incluir, conservar e crescer”, enfatizou. O Pavilhão Brasil tem área de 4 mil m2 e abriga exposição multimídia sobre programas e projetos de ministérios e órgãos de governo. Nele, também haverá atividades como palestras e debates.

O ambiente foi construído com contêineres reaproveitáveis, reunidos em torno de uma arena central com quatro arquibancadas, para um total de 120 pessoas. Nessa estrutura, haverá mostra multimídia, com vídeos e instalações interativas. Em volta do pavilhão, há quatro áreas de exposição de programas de inovação, tecnologia sustentável e inclusão social, como o Minha Casa Minha Vida, e produtos como o algodão colorido, produzido pela Embrapa.

Entre as atividades previstas na programação da Rio+20, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, lança nesta quarta-feira, às 16h30, a 4ª Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, cujo tema será Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis. Prevista para o período de 10 a 14 de outubro de 2013, a conferência, iniciativa do MEC e do Ministério do Meio Ambiente (MMA), é um processo pedagógico que envolve mais de 13 mil escolas da educação básica, a ser iniciado em agosto, em encontros municipais, estaduais e regionais. Mais de 4 milhões de estudantes discutirão e aprenderão sobre questões ambientais. Nesse processo, a escola define a temática com a qual pretende trabalhar e elege os delegados para representá-la nas conferências municipais ou regionais e, depois, nas estaduais.

A Conferência Rio+20 marca os 20 anos de realização da Eco92 e é realizada entre 13 e 22 de junho, com a proposta de definir a agenda do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas. 

Letícia Tancredi

segunda-feira, 11 de junho de 2012

I Seminário de Meio Ambiente da UBES - Programação


Programação do I Seminário de Meio Ambiente da UBES

Manhã
Tarde
Noite
Dia 12/06
- (09:00h) Abertura
- (09:15h às 11:30h) Mesa: “Rio + 20: Contextualização.”
Camila Mello, (Rejuma, FONAJUVES e Comitê Facilitador da Sociedade Civil na Rio+20/Cúpula dos Povos), Márcio Macedo (Dep. Federal do PT-SE e  Presidente da Comissão Mista Parlamentar de combate às Mudanças Climáticas),  Marccella Berte (Coletivo Nacional de MA e Desenvolvimento do PT) e  Andrea Costa (Departamento de Educação Ambiental – MMA)
- (11:30h às 13:30h) Almoço

- Mesa: (14:00h): “Educação Ambiental e PPJ’s”
Pedro Teixeira (Fórum Nac. de Gestores de Juventude), Rachel Trajber (Tratado de Educação Ambiental), Ângela Guimarães (Secretaria Nacional de Juventude, CONJUVE), Daniel Mescouto (Estudante Educador Ambiental) e Marco Eliel de Carvalho (Vice Presidente do Sinpro - Minas)
- (16:00h às 17:30) Mesa: “Desenvolvimento Sustentável e os desafios comuns.”
- (17:30h às 19:00h) Jantar
- (19:30h)
 Aprovação dos documentos finais do I Seminário Nacional de Meio Ambiente da UBES

















    




















    
Os estudantes do Brasil e do mundo sempre tiveram um papel fundamental junto às lutas do povo ao longo da história. Participamos ativamente do processo de democratização do país e protagonizamos todas as conquistas alcançadas pela juventude em nosso país. No atual contexto, nos encontramos em meio a lutas atemporais e de extrema importância para a humanidade, que podem redesenhar o processo de desenvolvimento da economia e da sociedade global. Dentre estas, a luta pela preservação do Meio Ambiente de forma geral e pelo Desenvolvimento Sustentável se fazem imprescindíveis para mudanças na realidade atual, fruto dos impactos causados pela ação predadora do homem através de empresas e corporações amparadas pelo discurso progressista sob o qual a Economia Verde e o avanço da exploração e uso irracional de fontes de energias finitas - como o petróleo - tem se mantido e imposto soberania nas formas produção hoje vigentes.
                        Em 2012, 20 anos depois da Conferência Internacional sobre Meio Ambiente mais importante já realizada, a ECO-92, a sociedade e governos de todo o mundo irão se debruçar novamente sobre as questões sócio-ambientais nas quais implicam o modelo de produção em vigência no planeta, reafirmando assim o compromisso com o debate do Desenvolvimento Sustentável. Será a realização da Rio + 20, Conferência da ONU sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, que acontecerá neste junho, na cidade do Rio de Janeiro. O Povo terá sua alternativa à Cúpula da Terra (Rio + 20), será a Cúpula dos Povos, evento inédito e propiciado pelo Governo Brasileiro, que reunirá Movimentos Sociais de todo o mundo. Não é exagero dizer que todo mundo estará no Rio e que o mundo todo estará observando atentamente tudo o que acontecer nestes dias na cidade.
                        Entendemos a Educação como imprescindível para a formação de uma nova cultura, onde a relação homem-natureza se dê de forma racional e que venha a contribuir para uma ordem societária mais justa, humana e igualitária. A UBES se insere nesse processo de discussão com a realização do seu I Seminário de Meio Ambiente, onde a base da entidade abordará os temas gerais abordados nos demais espaços e de forma especial a Educação Ambiental, o contexto em que ela esta inserida e como o Movimento Estudantil Secundarista irá somar à formação de cidadãos ecos-conscientes através das Diretorias de Meio Ambiente de suas entidades. Acreditamos no poder da juventude, no povo que trabalha e luta por uma vida melhor. Se reciclássemos todo o lixo da terra hoje talvez não fosse suficiente para salvar o planeta, mas se reciclarmos nossos conceitos, nossas idéias e principalmente nossa prática, seremos capazes de mudar o mundo, o Nosso Mundo!
                        Conclamamos a estudantada secundarista do país a estar presente no Rio de Janeiro durante os dias 11 e 12 de Junho no I Seminário de Meio Ambiente da UBES para além de debater e aprofundar seus conhecimentos sobre o Meio Ambiente de forma geral, participar do momento que marca a história da entidade e dos estudantes brasileiros na luta por outro mundo possível, o sonhado mundo de justiça e respeito ao ambiente em que vivemos!

                        Aguardem para mais informações sobre a programação e local.

                        Fonte: Diretoria de Meio Ambiente da UBES

GEOMAP

Usuários OnLine