RSS
Facebook
Twitter

Seguidores

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Pragas Domésticas

"Ideias para pôr em prática atitudes ecológicas que vão fazer diferente na sua vida".

Uma casa limpa e livre de pragas é essencial ao bem-estar da família. Um pouco de know-how natural ajuda.
Adeus, pragas da cozinha

Formifas, baratas e gorgulhos procuram o ambiente quente e farto em alimentos da cozinha, mas este é o último lugar em que se devem usar pesticidas contendo substências químicas tóxicas. As opções naturais têm a mesma eficácia, além de serem mais econômicas.
Experimente-as primeiro.


LIMPEZA CONSTANTE
O bom senso é a primeira arma para manter as pragas distantes.

  • Mantenha as bancadas da cozinha tinindo de limpas e treine os familiares para limpar o que sujarem.
  • Transfira o que está na despensa´para recipientes à prova de pragas. Os gorgulhos em geral vêm com vocÊ do mercado, e deixar pacotes fechados não só fornece alimentos para os gorgulhos que j´´a estão na cozinha como também facilita a entrada de outros nos armários.
  • Fique atento às datas de validade e use os alimentos pela ordem da data. Evite comprar muito dos artigos que usa pouco.
  • Limpe os respingos nas prateleiras e nos armários regulermente, lavando com sabão. Acrescente algumas gotas de óleo de cravo-da-índia à água de lavar para repelir os insetos.
  • Mesmo que encontre apenas um ovo de gorgulho ou lerva de inseto em um produto, jogue fora o produto inteiro. (Farinhas e grãos podem virar adubo.)
  • Para avitar gorgulhos, espalhe folhas de louro ou cravos-da-índia nas prateleiras dos armários e preda-os com fita adesiva do lado de dentro das tampas dos potes.
FORMIGAS
Elas incomodam apenas quando vêm para dentro de casa, portanto tente incentivá-las a sair antes de tomar medidas mais drásticas.

  • Evite deixar alimentos descobertos nas bancadas da cozinha.
  • Limpe os respingos de imediato.
  • Limpe o forno e a grelha depois de usálos.
  • Se puder, mantenha as latas de lixo fora de casa.
  • Coloque vasos de ervas repelentes de formigas, como hortelã, poejo, arruda e tanaceto - ou ramos secos delas - nos locais problemáticos.
  • Crie uma barreira nos pontos de entrada das formigas. Pro exemplo, polvilhe um rastro estreito e contínuo de pimenta-se-caiena, pimenta-de-reino ou sal no caminho delas. Ou faça um risco com giz.
  • Limpe frequentemente o peitoril da janela com óleo de cravo-da-índia ou de eucalipto. As formigas não gostam desses cheiros fortes.
  • Espalhe pó inerte de terras armários. As partículas afiadas dessa sílica fossilizada são letas para insetos rastejantes, mas não afetam seres humanos ou animais de estimação. Use o tipo próprio para alimentos, não utilizado nos filtros de piscina, que pode irritar os pulmões.
BARATAS
Quanto menos lugares convidativos, menos baratas.

  • Para impedir que as novas entrem, instale telas de boa qualidade em todas as portas e janelas.
  • Conserte imediatamente os vazamentos de torneiras e canos - as baratas adoram lugares pumidos, escuros e quentes.
  • Guarde os alimentos todas as noites, incluindo os dos animais e as sementes dos passarinhos.
  • Movimente regularmente itens guardados soltos, como sacos plásticos, toalhas e produtos armazenados debaixo das pias, pois as baratas adoram se aninhar entre eles.
  • Coloque armadilhas perto das áreas de procriação das baratas. Experimente preparar uma isca de baixo toxicidade, como bórax misturado com açúcar ou geleia numa tampa.
  • Guarde as pontas dos pepinos e coloque-as nos armários. Outros repelentes de baratas são grãos de baunilha, flores de crisântemo secas e pó de píretro - este último deve ser usado com cautela e rigorosamente de acordo com as instruções da embalagem.
  • Unte o interior de um pote de vidro com óleo, depois encha-o até a metade com cerveja. Elas entrarão, mas não conseguirão sair!
Fonte: Livro "Salve o Meio Ambiente" Seleções.
    Reações:

    0 comentários:

    Postar um comentário

    GEOMAP

    Usuários OnLine